Home Ouvidoria Voluntariado Trabalhe na ISCAL Intranet Mapa do Site
A ISCAL
Unidades da ISCAL
Convênios de Saúde
Serviços
Pastoral da Saúde
Ensino e Pesquisa
Voluntariado e   Comunidade
Fornecedores
Imprensa
Fale Conosco
NotÝcias
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto
Tamanho do texto

Estudantes canadenses elogiam residência multiprofissional da Santa Casa 


Os dois primeiros estudantes canadenses em estágio na Santa Casa de Londrina terminaram o programa elogiando a qualidade da residência multiprofissional. Eles consideram a residência multiprofissional, especialmente na área deles, a Fisioterapia, “muito bem organizada e especializada”. Arianne Morin e Mathieu Dallaire voltaram para o Canadá em dezembro depois de dois meses em estágio entre as unidades de terapia intensiva (UTIs) e o pronto-socorro da Santa Casa de Londrina.

Estagiários Arianne e Mathieu com a tutora Fabiane Dias

O que mais chamou a atenção dos estudantes, segundo eles mesmos, foi a colaboração entre os profissionais das várias áreas da equipe multiprofissional. Ao classificarem a organização da residência, eles destacaram indicadores como a gestão do tempo, atendimento familiar e as estratégias de intervenção fisioterápicas. “O estágio é ultra especializado, aprendemos muito. Foi uma experiência gratificante e não pensaria duas vezes em voltar”, afirma Morin.   

Questionados sobre uma nota de 1 a 10 para a Residência Multiprofissional da Santa Casa, Dallaire responde rápido: “Nota 12”. Ele conta que no Canadá ouviam que a saúde no Brasil usava tecnologia inferior à disponível em Chicoutimi. A realidade o surpreendeu. “A Santa Casa tem a tecnologia essencial para as necessidades. O atendimento é de qualidade, independente disso. E os profissionais são muito bem formados na Residência”, conclui.  

Os estudantes concluem o mestrado em Fisioterapia no final de 2019 na Universidade do Quebec em Chicoutimi, no Canadá, (UQAC).  O estágio deles na Santa Casa foi viabilizado pela parceria entre o Hospital e a UQAC, firmada em meados de outubro. Os próximos estudantes canadenses devem começar o estágio na residência multiprofissional da Santa Casa em março de 2020. Para eles, Morin e Dellaire aconselham a estudar mais a língua portuguesa. “Para facilitar o vínculo com os pacientes e aumentar a troca de experiências”, recomenda Dallaire.  

Mathieu Dellaire e Arianne Morin
.......................
Assessoria de Comunicação | ISCAL
FOTOS: Arquivo ISCAL

 

 

Pesquisar:
 
 
 
Rua Senador Souza Naves, 441 - 15°andar • CEP 86010-160 • Londrina/PR