Home Ouvidoria Voluntariado Trabalhe na ISCAL Intranet Mapa do Site
A ISCAL
Unidades da ISCAL
Convênios de Saúde
Serviços
Pastoral da Saúde
Ensino e Pesquisa
Voluntariado e   Comunidade
Fornecedores
Imprensa
Fale Conosco
NotÝcias
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto
Tamanho do texto

22/09/2010

Doação de Órgãos - Oficina esclarece fatos e boatos para aumentar número de doadores


Desmitificar fatos e boatos a respeito da doação de órgãos e mostrar que a doação é um ato de amor que pode salvar vidas. Essa é a intenção da oficina de sensibilização para a doação de órgãos que acontece na próxima segunda-feira (27/09), às 19 horas no auditório da Santa Casa de Londrina. Ministrada por profissionais da Central de Transplante de Londrina, a oficina faz parte das atividades promovidas pela ISCAL  em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Órgãos e Tecidos, celebrado também em 27 de setembro.

Glaucia Reis, uma das coordenadoras da oficina realiza no CEPTMA.A dinâmica da oficina, com os participantes em grupos de discussão, fomenta o debate e traz à tona a importância da formação de multiplicadores de informação, o principal objetivo da atividade.

“Os fatos e boatos que existem acerca do tema são as maiores barreiras para a conscientização da população. Só a informação pode ajudar a diminuir a espera por transplantes no Brasil”, ressaltou Gláucia Celestino Reis, assistente social da Central de Transplantes de Londrina. Ela foi uma das coordenadoras da oficina realizada na última semana com estudantes do Centro de Educação Profissional Mater Ter Admirabilis (CEPMTA).

                                                                                                                            

Glaucia Reis em um dos grupos de discussão da oficina

Fila do transplante – No Brasil mais de 60 mil pessoas aguardam por um órgão para transplante. No Paraná, esse número passa dos 4 mil. Atualmente, apenas uma minoria dos óbitos resulta em doação de órgãos. Segundo Gláucia Reis, metade das pessoas que morrem no Brasil estão clinicamente aptas a doar órgãos. Mas, atualmente, apenas 25% deles efetivam a doação. 

Serviço – Inscrição para a Oficina de Sensibilização pra Doação de Órgãos pelo telefone 3374.2510. O evento é gratuito. Porém, para os interessados em certificado há um custo de R$ 5,00.


 -----------------------

fonte: Assessoria de Comunicação | ISCAL

Colaborou - Alessandro Marques Palma, estagiário.

 

 

Pesquisar:
 
 
 
Rua Senador Souza Naves, 441 - 15°andar • CEP 86010-160 • Londrina/PR