Home Ouvidoria Voluntariado Trabalhe na ISCAL Intranet Mapa do Site
A ISCAL
Unidades da ISCAL
Convênios de Saúde
Serviços
Pastoral da Saúde
Ensino e Pesquisa
Voluntariado e   Comunidade
Fornecedores
Imprensa
Fale Conosco
NotÝcias
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto
Tamanho do texto

21/07/2010

163 novos leitos 
Santa Casa retoma obras de ampliação do hospital

As obras do novo bloco hospitalar da Santa Casa de Londrina foram retomadas depois de sete anos aguardando recursos para o reinício e conclusão. A previsão é que o prédio de 11 pavimentos, anexo ao hospital já existente, esteja pronto em 18 meses. O obra está orçada em R$ 23,6 milhões, recursos que foram repassados pelo Ministério da Saúde, através de emenda da bancada federal do Paraná.

Construção do novo bloco hospitalar vista aérea

A Construtora e Incorporadora Squadro, de Curitiba, vencedora da licitação, começou os trabalhos no final de maio e está com equipe de, em média, 30 profissionais/dia trabalhando nessa obra. A construção estava parada no sexto pavimento, faltando, portanto, outros cinco para serem erguidos. De acordo com o superintendente da ISCAL, Fahd Haddad, parte do prédio pode ser entregue nos próximos meses.  "Nossa intenção é que algumas partes fiquem prontas e entrem em funcionamento ainda este ano", afirma. É o caso, segundo Haddad, do pavimento que abrigará o serviço de Nutrição, com cozinha, refeitório e restaurante.      

 

Ecologicamente correto – O  novo bloco hospitalar terá 163 leitos (125 leitos de internação e 38 de terapia intensiva), 08 salas cirúrgicas, 1 hospital dia, áreas para serviços de apoio, estacionamento e heliponto. Essa estrutura possibilitará mais 750 internações/mês em quartos, 220 internações/mês em UTI e 700 empregos diretos. Com a ampliação, o hospital Santa Casa passará a ter 354 leitos, sendo 74 UTIs. Para se ter uma ideia da importância da obra, hoje o hospital Santa Casa tem 191 leitos, sendo 36 UTIs.

Obra de ampliação vista da rua Alagoas

No total, serão aproximadamente 20 mil m2 de área construída, seguindo as últimas tendências de preservação do meio ambiente. O prédio terá sistema de captação de água da chuva para refrigeração de ar condicionado, além de usar energia solar e sistemas de monitoramento de ambientes e de equipamentos. Desses 20 mil m2, cerca de 3 mil m2 são de obras necessárias para integrar o novo bloco à estrutura já existente do hospital. Hoje, o hospital Santa Casa em funcionamento conta com cerca de 9 mil m2 de área construída.

Construção de 15 anos - O prédio começou a ser construído em 1994, com recursos do Estado, durante administração do governador Roberto Requião. Na época foram repassados R$ 700 mil e feitas as fundações e dois pavimentos. Em 2000 o Governo Federal repassou outros R$ 2,2 milhões suficientes para erguer mais quatro pavimentos, ainda inacabados. Os R$ 23,6 milhões repassados agora serão suficientes para concluir toda a estrutura física do prédio. Ficarão faltando os equipamentos. A estimativa, seguindo valores de mercado do final de 2009, é que outros R$ 22 milhões serão necessários para equipar o novo bloco hospitalar e disponibilizá-lo para o atendimento.

.................................

Fonte: Assessoria de Comunicação | ISCAL

 

 

Pesquisar:
 
 
 
Rua Senador Souza Naves, 441 - 15°andar • CEP 86010-160 • Londrina/PR