Home Ouvidoria Voluntariado Trabalhe na ISCAL Intranet Mapa do Site
A ISCAL
Unidades da ISCAL
Convênios de Saúde
Serviços
Pastoral da Saúde
Ensino e Pesquisa
Voluntariado e   Comunidade
Fornecedores
Imprensa
Fale Conosco
NotÝcias
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto
Tamanho do texto

Santa Casa homenageia Irmãs de Schoenstatt pelos 80 anos em Londrina

A Irmandade da Santa Casa de Londrina (ISCAL) presta uma homenagem às Irmãs de Maria de Schoenstatt, nesta sexta-feira, dia 15, pelos 80 anos delas em Londrina.  A cerimônia vai destacar a atuação delas na saúde desde o Hospitalzinho de Madeira, precursor da Santa Casa de Londrina.  A homenagem, será às 10 horas, na recepção central do Hospital, com a participação de Irmã Andréia Balan Nassif, assistente provincial das Irmãs da Província Schoenstatt-Tabor, sediada em Atibaia (SP). 

HISTÓRIA - As Irmãs foram fundamentais na construção da saúde em Londrina. Contando com apenas alguns poucos médicos, nos primeiros anos elas assumiram praticamente todas as funções. As primeiras Irmãs iniciaram os trabalhos no Hospitalzinho de Madeira em 22 de janeiro de 1936, dois dias depois de chegarem em Londrina. As pioneiras na saúde foram Irmã Lucia, Osvalda e Trudperta (foto da home). Na sequência, chegaria Irmã Burga, a primeira anestesista da cidade. Enfrentaram todo tipo de dificuldade, a começar pelo idioma desconhecido. Elas vieram da Alemanha, chegando no Brasil em dezembro de 1935, para trabalhar em um colégio Palotino, em Jacarezinho. 

Com a inauguração da Santa Casa de Londrina em 1944, vieram para o Hospital, assumindo trabalhos administrativos, de cozinha e lavanderia, além da assistência aos pacientes e a Pastoral da Saúde. Com isso, foram fundamentais na construção e – hoje – consolidação, dos princípios que regem a ISCAL.
Irmã Efigênia Zago durante pastoral
Ao longo desses 80 anos, desde as três pioneiras, mais de 100 Irmãs de Maria de Schoenstatt já dedicaram parte de suas vidas à saúde nos hospitais e escola da ISCAL. Hoje são oito Irmãs atuando e morando na Instituição. Entre elas, Irmã Lorena Jenal, gerente multiprofissional; e Irmã Elvira Maria Perides Lawand, diretora do Centro de Educação Profissional Mater Ter Admirabilis.  A escola é um dos exemplos do pioneirismo e determinação das Irmãs. Fundada em 1960 por necessidade de mão de obra especializada em saúde na Santa Casa, foi a primeira escola técnica em saúde da região. Parte desta história será relembrada na cerimônia de homenagem desta sexta-feira.

DESPEDIDA - A homenagem incluiu uma despedida à atual superiora das Irmãs na ISCAL, Irmã Efigênia Zago, coordenadora da Pastoral da Saúde na Instituição. Depois de 41 anos dedicados à ISCAL, ela deixa Londrina para assumir nova função na Casa Provincial de Schoenstatt, em Atibaia. Nessas quatro décadas, ela assumiu várias funções na coordenação de setores de apoio como Compras, Manutenção, Limpeza e Processamento de Roupas, Enfermagem e Hotelaria.

..............................
Assessoria de Comunicação | ISCAL
Fotos: Arquivo ISCAL

 

 

Pesquisar:
 
 
 
Rua Senador Souza Naves, 441 - 15°andar • CEP 86010-160 • Londrina/PR